EDI - (Intercâmbio Eletrônico de Dados)

EDI (Intercâmbio Electrónico de Dados)

A ferramenta de EDI (Intercâmbio Eletrônico de Dados) refere-se à troca eletrônica dos dados entre parceiros de negócio através de caminhos de comunicação padronizados.

A ausência de intervenção manual significa que a porcentagem de erros é reduzida, a velocidade de processamento é mais rápida e todo o processamento melhorado.

Sua utilização reduz custos e simplifica o fluxo de papéis e procedimentos nas rotinas comerciais, estabelecendo a comunicação entre sistemas aplicativos, viabilizando a troca de dados entre as partes.


Funcionamento do EDI

O cliente envia seu pedido (arquivo eletrônico) para o fornecedor - que realiza o faturamento do pedido e devolve um outro arquivo eletrônico (nota fiscal) para o cliente.

Toda essa “troca” de arquivos é realizada através de uma VAN (Value Added Network ou Rede de Valor Agregado), ou seja, empresas que oferecem serviços de EDI. Uma VAN pode ser considerada como o “Correio” do EDI.

Trabalha com o conceito de caixa postal, onde ficam os arquivos transportados e os a transportar.

Todo cliente possui no mínimo uma caixa Postal, dependendo de suas necessidades.

Também é da VAN a tarefa de realizar o mapeamento dos arquivos.

O mapeamento também pode ser chamado de tradução.

É um serviço disponibilizado para as empresas que necessitam de compatibilização de layouts (formatos) de arquivos entre seus parceiros. Através desse serviço a empresa não necessita de readequar seus sistemas internos a cada novo parceiro.


Sustentabilidade na LEDVANCE

Ferramentas LEDVANCE